A gruta é mais extensa do que a gruta

    follow me on Twitter

    segunda-feira, agosto 02, 2010

    O "lixo" de Tarantino

    De uns tempos para cá, infelizmente dá para contar nos dedos as vezes em que vou a uma sala comercial de cinema por ano. Para investir meu parco tempo livre e meu rico dinheirinho (podem inverter os adjetivos, dá na mesma) e correr o risco de encarar uma projeção digital porca e uma plateia cada vez mais intolerante e mal educada, o filme tem de ser muito atraente (felizmente resisti ao instinto de conferir o "Alice no País das Maravilhas", um fracasso do Tim Burton). E o circuito normalmente não ajuda. Mas isso tudo é uma lenga-lenga conhecida de quem ainda lê este blog em tempos de Twitter.

    A novidade é que um filme de um diretor cultuado como Quentin Tarantino entrou na turma pela qual já passou Woody Allen e estreou comercialmente com três anos de atraso. Era um filme que eu queria ver no cinema e que, por algumas particularidades, deve(ria) ser visto no cinema. Só que, por não ter mais essa esperança, terminei por vê-lo no final do ano passado, em arquivo da internet (não por iniciativa minha; em geral só baixo filmes antigos e raros, indisponíveis de outra forma). E isso dá uma raiva danada, porque é falta de respeito com o público, além de incompetência e pouca sensibilidade para os negócios.

    O que não me deu raiva, mas atiçou minha vontade pelo debate, é um texto de um homem que, desde bem jovem, trabalhou em várias obras-primas do cinema brasileiro. Mas esse texto demonstra uma aparente limitação ao classificar o filme em questão de "lixo" e ao acusar o diretor de meramente querer "explorar os baixos instintos da plateia" e de deixar a desejar em termos de "valor intelectual".

    Então deixo algumas questões (e questionar constantemente é sempre bom para combater o preconceito, a forma mais insidiosa da ignorância) ao sabor do vento: supondo que o Eduardo Escorel tenha razão, qual o problema em não ignorar os "baixos instintos" (mas são mesmo "baixos"? A ascese é necessariamente algo bom para a arte?) do Homo sapiens? Em que isso influi no "valor intelectual" (e o que seria, exatamente, isso? ) e na qualidade de uma obra?

    5 comentários:

    Sérgio Alpendre disse...

    "projeção digital porca e uma plateia cada vez mais intolerante e mal educada"

    BINGO. Esses motivos me afastam dos cinemas também. Ainda vou, mas bem menos que antes.

    Marcelo V. disse...

    Agora estou tentado a voltar, porque estou tendo uma folga durante a semana quando dou plantão, uma vez por mês (já aproveitei a primeira para voltar à Sessão do Comodoro). Mas o circuito vai ter de ajudar.

    Ailton Monteiro disse...

    O circuito tem cada vez ajudado menos: de um lado, as filas lotadas nos cinemas de shopping, que exibem um monte de cópias dubladas. De outro, no circuito alternativo, a porcaria da projeção da Rain. É como se eles estivessem afastando o cinema dos cinéfilos cada vez mais.

    慢慢來 disse...

    婚姻調查
    調查
    智慧財產權
    大陸二奶
    大陸小三
    台商外遇
    討債
    欠錢不還
    討債公司
    台北徵信社
    桃園徵信社
    高雄徵信社
    台中徵信社
    雲林徵信社
    台南徵信社
    彰化徵信社
    台北偵探社
    桃園偵探社
    高雄偵探社
    台中偵探社
    雲林偵探社
    台南偵探社
    彰化偵探社
    台北徵信公司
    桃園徵信公司
    捉姦

    慢慢來 disse...

    晚情徵信協會全國網
    大愛徵信社
    三立徵信社
    離婚|離婚證人有限公司
    離婚|離婚證人-高雄徵信同業工會
    離婚|婚姻挽回專區
    一品蒐證尋人器材網
    全國女子徵信社
    晚晴徵信
    八大徵信社
    離婚│華納徵信社
    徵信社品質保障關懷協會
    晚晴徵信協會全國網
    溫馨法律諮詢
    劈腿大剖析
    全國優良婚姻挽回
    法律諮詢|免費諮詢華陀
    亞洲徵信總部
    感情挽回全國徵信
    鴻海徵信尋人免費諮詢法律諮詢
    大陸抓姦二奶-法律諮詢社
    三立徵信有限公司
    大愛徵信社
    離婚|離婚證人非凡有限公司
    女人國際徵信社
    中區嚴選聯合徵信網
    女人國際徵信
    大愛徵信有限公司-台中
    婦幼徵信有限公司
    女子偵探徵信團隊
    離婚|外遇觀測站
    法律諮詢|免費諮詢網
    外遇抓猴徵信偵探社
    離婚-感情挽回Q&A諮詢網
    新浪私家偵探社
    離婚|女人徵信社
    離婚|女人私家偵探社
    婚姻挽回│國際聯盟社
    法律諮詢所
    外遇抓姦|女人國際徵信
    女子徵信社
    外遇|抓姦-女子偵探全國入口網
    全國優良女人徵信社

    Na platéia