A gruta é mais extensa do que a gruta

    follow me on Twitter

    terça-feira, abril 14, 2009

    7 anos na tela


    A postagem de número 245 ocorre no dia em que esta publicação completa 7 anos. Já agradeci e expliquei do que este saloon de reputação duvidosa se trata nos outros aniversários, então vamos logo ao que também não interessa: uma seleção de alguns dos melhores filmes comentados no último ano (em ordem alfabética e com os títulos originais _a maioria se concentra nas décadas de 1950 e 1960, e é bom lembrar que as menções honrosas vão para filmes imperdíveis, enquanto que...).

    Obras-primas:
    I Tre Volti della Paura (Bava, 1963)
    Kiss Me Deadly (Aldrich, 1955)
    Le Testament d'Orphée, ou ne Me Demandez pas Pourquoi! (Cocteau, 1960)
    Matka Joanna od Aniolów (Kawalerowicz, 1961)
    Mr. Arkadin (Welles, 1955)
    Murder by Contract (Lerner, 1958)
    Run of the Arrow (Fuller, 1957)
    Sweet Smell of Success (Mackendrick, 1957)
    The Night of the Hunter (Laughton, 1955)
    The Savage Innocents (Ray, 1960)
    This Sporting Life (Anderson, 1963)
    Too Late Blues (Cassavetes, 1961)
    Warlock (Dmytryk, 1959)

    Menções honrosas:
    3:10 to Yuma (Daves, 1957)
    9 Dney Odnogo Goda (Romm, 1962)
    Advise & Consent (Preminger, 1962)
    Akibiyori (Ozu, 1960)
    A King in New York (Chaplin, 1957)
    Aparajito (Ray, 1956)
    Apur Sansar (Ray, 1959)
    Artists and Models (Tashlin, 1955)
    Au Hasard Balthazar (Bresson, 1966)
    Bad Day at Black Rock (Sturges, 1955)
    Bande à Part (Godard, 1964)
    Before the Devil Knows You're Dead (Lumet, 2007)
    Boca de Ouro (Santos, 1963)
    Bunny Lake Is Missing (Preminger, 1965)
    Cléo de 5 à 7 (Varda, 1962)
    Devi (Ray, 1960)
    Edipo Re (Pasolini, 1967)
    Forty Guns (Fuller, 1957)
    I Fidanzati (Olmi, 1963)
    Il Posto (Olmi, 1961)
    Il Tempo si È Fermato (Olmi, 1959)
    Invitation to a Gunfighter (Wilson, 1964)
    It's Always Fair Weather (Kelly & Donen, 1955)
    Knocked Up (Apatow, 2007)
    Kuchizuke (Masumura, 1957)
    La Frusta e Il Corpo (Bava, 1963)
    La Ricotta (Pasolini, 1963)
    Lawrence of Arabia (Lean, 1962)
    La Ragazza di Bube (Comencini, 1963)
    Le Salaire de la Peur (Clouzot, 1953)
    Les Bonnes Femmes (Chabrol, 1960)
    Man's Favorite Sport? (Hawks, 1964)
    Meghe Dhaka Tara (Ghatak, 1960)
    Nazarín (Buñuel, 1959)
    Nikutai no Mon (Suzuki, 1964)
    Nobi (Ichikawa, 1959)
    Pather Panchali (Ray, 1955)
    Per Qualche Dollaro in Più (Leone, 1965)
    Per un Pugno di Dollari (Leone, 1964)
    Salt of the Earth (Biberman, 1954)
    Sedmikrásky (Chytilová, 1966)
    Seven Men from Now (Boetticher, 1956)
    Shichinin no Samurai (Kurosawa, 1954)
    Simón del Desierto (Buñuel, 1965)
    Shin Heike Monogatari (Mizoguchi, 1955)
    Some Came Running (Minnelli, 1958)
    The Big Combo (Lewis, 1955)
    The Bravados (King, 1958)
    The Crimson Kimono (Fuller, 1959)
    The Girl Can't Help It (Tashlin, 1956)
    The Hustler (Rossen, 1961)
    The Incredible Shrinking Man (Arnold, 1957)
    The Innocents (Clayton, 1961)
    The Intruder (Corman, 1962)
    The Last Wagon (Daves, 1956)
    The Night of the Iguana (Huston, 1964)
    The Phenix City Story (Karlson, 1955)
    The Pumpkin Eater (Clayton, 1964)
    The Servant (Losey, 1963)
    The Tarnished Angels (Sirk, 1958)
    Un Condamné à Mort s'Est Échappé ou Le Vent Souffle où Il Veut (Bresson, 1956)
    Une Femme Mariée: Suite de Fragments d'Un Film Tourné en 1964 (Godard, 1964)
    What Ever Happened to Baby Jane? (Aldrich, 1962)
    Will Success Spoil Rock Hunter? (Tashlin, 1957)
    Yojimbo (Kurosawa, 1961)

    Menção horrorosa (ou a Tranqueira do Ano):
    Little Miss Sunshine (Dayton & Faris, 2006)

    P. S. Aproveitando a efeméride, voltemos às citações literárias (no caso, sobre outro aniversário em um dia 14 _mas que também poderia ser sobre o cinema, que nem existia). É da segunda versão de "Le Horla" (1887), de Guy de Maupassant (na tradução de José Thomaz Brum), conto que já foi adaptado para cinema/TV pelo menos duas vezes:

    "14 de julho - Festa da República. Passeei pelas ruas. Os petardos e as bandeiras me divertiam como se fosse uma criança. No entanto, é uma grande tolice ficar alegre em data fixa, por decreto do governo. O povo é um rebanho imbecil, ora estupidamente paciente, ora ferozmente revoltado. Dizem-lhe: 'Diverte-te.' Ele diverte-se. Dizem-lhe: 'Vai lutar com teu vizinho.' Ele vai. Dizem-lhe: 'Vota pelo Imperador.' Ele vota pelo Imperador. Depois, dizem: 'Vota pela República.' E ele vota pela República.

    Os que o dirigem são igualmente imbecis; mas, em vez de obedecerem a homens, eles obedecem a princípios, os quais só podem ser tolos, estéreis e falsos, pelo próprio fato de serem princípios, isto é, ideias consideradas certas e imutáveis, neste mundo onde não se tem certeza de nada, já que a luz é uma ilusão, já que o ruído é uma ilusão."

    10 comentários:

    Alê Marucci disse...

    Neste mundo onde não se tem certeza de nada, não sei quantos anos mais o Cinema Cuspido completará. Mas fico feliz pelos 7 anos, número de que gosto muito. E fico mais feliz ainda por esse espaço ter sido o responsável pelo nascimento da nossa amizade.
    Vida longa ao blog, pois!
    Beijo.

    Marcelo V. disse...

    Obrigado, Alê. Sem dúvida, o maior propósito deste site sempre foi fazer amizades (embora o contrário também tenha ocorrido, o que é muito engraçado). Beijos!

    Anônimo disse...

    W
    D
    seo
    SEO是目前最新興的廣告曝光方法,SEO搜尋行銷提供了專業的關鍵字排名與SEO搜尋引擎最佳化服務,讓你的網站在SEO排名遙遙領先,歡迎洽詢SEO的專家 ... SEO自然排名 規劃架設seo seo網站 專業關鍵字公司1通電話幫您把網站排名到第1頁、 想要讓自己的網站大量曝光嗎? ...


    a383
    7

    g

    Ana Paul disse...

    Feliz aniversário!

    Ailton disse...

    E o sucesso do blog se extende até o Japão. :)

    Marcelo, quanto filme imperdível eu ainda não vi. Por isso que eu sonho com uma aposentadoria tranquila e saudável. hehehe.. E que maldade a "menção horrorosa". heheheh

    Marcelo V. disse...

    Não tenho culpa de o filme ser horrível, né? Valeu pela companhia, Ailton.

    Marcelo V. disse...

    Morreu ontem o Jack Cardiff, um dos maiores diretores de fotografia da história. Ele fotografou de obras-primas de Powell & Pressburger a "Conan o Destruidor" e "Rambo II", além de ter trabalhado com Huston, Hitchcock, Mankiewicz, Vidor... Foi um mestre.

    Pips disse...

    Primeiramente, começando pela citação (coincidência ou não, conheci Maupassant há pouco mais de uma semana). Saiu um livro com 125 contos dele, incluindo "O Horla".

    Depois, Feliz aniversário. É muito bom ver que muitos bloggeiros não perdem o pique para escrever (talvez, no seu caso, falte o tempo para escrever), mas aqui sempre há diversas referências, obras pouco mencionadas, etc, etc. Bom, parabéns.

    Não poderia me contentar mais com tantas obras-primas citadas: Murder by Contract, Kiss me Deadly, Too Late Blues, etc.

    abraço

    Marcelo V. disse...

    Valeu, Pips, fazia muito tempo que você não aparecia por aqui. Esta semana mesmo estava pensando em deixar o blog em animação suspensa por causa da baixa interação na caixa de comentários, sempre o espaço mais nobre, mas quando o pessoal aparece eu me animo a escrever alguma bobagem de novo.

    Eu adoro escritores que deixam para a posteridade frases como "o povo é um rebanho imbecil". Abraço!

    Anônimo disse...

    19
    Live Keywords:回頭車 眼袋 熱水器 隔熱紙 網路排名 納豆 老酒 老酒收購 香港民宿 外籍新娘 外籍新娘 瑜珈

    20
    Hot Keywords:香港民宿 室內設計 百達翡麗 棧板 關鍵字排名 熱水器 棧板 隔熱紙 棧板 香港平價住宿 系統傢俱 牙醫診所

    Na platéia